quarta-feira, 17 de abril de 2019

FALTA VISÃO DE PRESENTE E FUTURO!


A imagem pode conter: texto

É Uma pena que até os dias atuais, nossos comerciantes e comerciários de Icó não conseguem entender essa lógica óbvia. Hoje, é quase impossível o cliente conseguir estacionar o seu veículo em qualquer rua e travessa do centro comercial icoense. Para quem deseja continuar com esse erro há décadas, não vale reclamar o que seja e nem muito menos procurar culpados, pelo não aumento das vendas.

Bom dia!


A imagem pode conter: Fabrício Moreira da Costa, em pé

Lambe-lambe do saudoso Manoel Jacinto. Máquina que entregava, há décadas, fotografias em poucos minutos.

terça-feira, 16 de abril de 2019

Quente e frio é o cenário dos nossos sertões, ultimamente! Chegando em Icó, no entardecer, com uma vista mais bonita do que esta, desconheço.

A imagem pode conter: céu, nuvem, atividades ao ar livre e natureza

Novo controlador geral de Icó tomou posse na última segunda-feira



O professor e advogado, Dr. José Inácio Lopes Lima, tomou posse na última segunda-feira(15) à tarde, na Controladoria Geral do Município de Icó.

O novo controlador é servidor público efetivo na atual gestão, já assumiu a Secretaria Municipal de Educação e de Administração e Finanças nos anos de 2017 e 2018.

Na foto, o procurador geral de Icó, Dr. Rômulo Medeiros, e a chefe de Gabinete, Rosana Figueiredo e Dr. José Inácio Lopes Lima.

VIRGÍLIO TÁVORA

A imagem pode conter: 1 pessoa, óculos e textoNenhuma descrição de foto disponível.

Recebi e agradeço o novel livro do Poeta do Beco - Dr. César Barreto, onde com sua sensibilidade humana e histórica conta-nos acerca da história do grande cearense Virgílio Távora, o estadista.

Transporte alternativo: organização e desobstrução de vias de Icó começaram na última segunda (15)

A imagem pode conter: atividades ao ar livre

Renovar alvarás, realizar vistorias e regulamentar veículos que compõem a frota do transporte alternativo de Icó: essa é a proposta da Secretaria de Segurança Pública e Cidadania, juntamente com a Guarda Civil Municipal e o Centro De Operações De Trânsito (Cotran), que começou a ser colocada em prática na manhã da última segunda-feira (15).

"Os veículos alternativos paravam em esquinas, fila dupla e acabavam obstruindo o trânsito aqui em Icó. Agora vão estacionar apenas em um local destino a eles no mercado público, no centro da região", explica o secretário da pasta, o sargento Geilson, sobre o motivo da regulamentação dos carros.

"Essa organização é muito importante pro município porque vai evitar conflitos entre os permissionários das linhas, além da organização em si dos veículos. Transitar normalmente pelas vias de Icó estava cada dia mais complicado", completa o secretário de Segurança e Cidadania.

Para acompanhar a desobstrução das vias, também estiveram presentes no local o diretor do Cotran Roger Rodrigues e agentes da Guarda Civil de Icó.

Há 5 anos...

A imagem pode conter: 3 pessoas, incluindo Fabrício Moreira da Costa, pessoas sorrindo, multidão

segunda-feira, 15 de abril de 2019

#Câmara de Vereadores discute reforma da previdência



A Câmara Municipal de Icó realizou na última sexta-feira, 12, uma Audiência Pública para discutir a Reforma da Previdência, em atendimento ao requerimento do vereador Marconiêr Mota.

Representantes da OAB, CUT, sindicatos, servidores públicos, professores, agricultores, vereadores, presidentes de associações comunitárias, de partidos políticos e autoridades estiveram presentes e debateram com a população local o texto que tramita no Congresso Nacional, em Brasília.

"O debate foi participativo e o sentimento popular é de repúdio ao projeto", esclareceu o vereador Marconiêr Chagas Mota.

Estradas do Sítio Piauizinho até a comunidade do Brito sendo feitas em Icó



O trabalho não pára! A gestão da prefeita Laís Nunes está trabalhando em todo o município de Icó em todas as áreas da gestão - de ponta a ponta.

Neste final de semana as estradas estão sendo feitas, também, com empiçarramento e excelente qualidade, do Sítio Piauizinho até o Brito.

"É um percurso grande e estamos atendendo o pleito das comunidades nesta região. A prefeita de Icó Laís Nunes sempre orienta para que a gente acompanhe tudo de perto. O povo está muito satisfeito e grato pela estrada", registrou o secretário Gustavo Nogueira.

ELISEU AMÂNCIO



O que resta a quem não têm argumentos é tão somente o grito, a molecagem, a zombaria, a humilhação, enfim, toda sorte de canalhice.

Eliseu Amâncio é um cidadão de bem, honesto, faz política por vocação, não se envolve em corrupção e nem dobra a esquina pra enfrentar a verdade que muitos demagogos e falsos moralistas em Icó não ousam dizer publicamente. Foi vereador eleito com expressiva votação de 2013 à 2016.

Candidato à reeleição, mesmo sem nenhuma condição financeira - o que é público e de conhecimento da sociedade icoense -, obteve 911 votos, ficando na suplência por pouco.

Assumiu o mandado na Câmara, na condição de suplente desde o início da atual legislatura e com coragem e muita dignidade, enfrentou os desafios que a vida pública impõe de cabeça erguida.

É fato que retornará à suplência, já que o líder e honrado homem público Geraldo Sabino resolveu retornar ao parlamento icoense, pedindo exoneração da Secretaria Municipal de Agricultura e Recursos Hídricos.

Mas, quem conhece a dignidade de Eliseu Amâncio, sabe perfeitamente, que não serão vídeos editados, memes, banners e áudios de pessoas que não sabem onde sequer fica localizado o Icó(fakes), que perseguirá, em vão, atentar sua paz, sua honradez e coragem.

Agora, lembro do ativista político e cidadão Bebel do Icó:

- "A verdade dói e incomoda".

Campanário da belíssima Igreja da Matriz, em Icó, com vistas para o sítio histórico icoense e o Largo do Théberge.

Foto: Lana Rolim.

FELIZ PÁSCOA!

A imagem pode conter: texto

*A HORA É DO TRABALHO POR ICÓ

A imagem pode conter: casa e atividades ao ar livre

Quando o então governador Cid Gomes estava em seu segundo mandato a frente do Palácio da Abolição, a um ano e seis meses do pleito que iria ocorrer para sua própria sucessão, vários de seus correligionários se lançaram publicamente, à época, nos meios de comunicação como um todo, redes sociais populares, rádios, jornais impressos, blogs e etc, para serem o escolhido a sentar na principal cadeira do poder executivo cearense.

Publicavam pesquisas, enquetes, fotos em eventos abraçados com crianças, jovens, adultos e idosos; cada um ao seu modo, apresentava-se ao eleitor e mandava via imprensa como recado direto a Cid Gomes, mais ou menos assim:

- "Me escolha, eis que sou o melhor e mais popular dentre os possíveis candidatos a sucedê-lo".

Cid Gomes não é mineiro, eis que nasceu na próspera Sobral mas, é na linda Serra da Meruoca que busca mais serenidade tão peculiar ao seu fino trato para com todos, para responder sempre as inquietações dos amigos:

- "Quem deve lançar candidato agora ao pleito é a oposição, o nosso somente próximo das convenções partidárias".

Simples assim, Cid ensinou desde aquele período que não existe necessidade de exposição de quem seja estando em pleno curso uma gestão administrativa, a articulação e antecipação de eleições que na prática muda-se de comportamento tal qual uma nuvem carregada nos céus de Icó, que bem definia o profeta de saudosa memória, Otacílio Holanda:

- "Pode chover nuns cantos sim; noutros não".

E a chuva boa caiu, à época, lá pra bandas da avenida Washington Soares, onde o então deputado estadual Camilo Santana cortava o cabelo em um salão da capital de todos os cearenses, nossa bela Fortaleza, sendo ele o escolhido à sucessão de Cid Gomes, eleito e reeleito com a maior expressão eleitoral da história recente do Ceará.

Finalmente, "o que vale mesmo é a luta das ideias e o trabalho que deve ser sempre dirigido ao bem comum".

Eleições, somente em 2020!

(Por Fabrício Moreira da Costa, Advogado, Contista e ex Vice-prefeito de Icó).

sexta-feira, 12 de abril de 2019

DECISÃO INÉDITA EM ICÓ: JUIZ OUVE AS PARTES ANTES DE DECRETAR PRISÃO PREVENTIVA


Foto: Dr. Rossini Farias(advogado); Dr. Daniel Porto(Promotor de Justiça); Juiz de Direito Dr. Ireilton Freire; Ednilson Angelim(Serventuário da Justiça); Dra. Bruna Dantas(Psicóloga) e Dra. Luíza Braga, Delegada de Polícia Civil.


No âmbito penal, a prisão preventiva poderá ser decretada como garantia da ordem pública, da ordem econômica, por conveniência da instrução criminal, ou para assegurar a aplicação da lei penal, quando houver prova da existência do crime e indício suficiente de autoria.

O Juiz de Direito decreta a prisão em qualquer fase da investigação policial ou do processo criminal, antes do trânsito em julgado da sentença, desde que preenchidos os requisitos legais e na ocorrência dos motivos autorizadores.

Por regra, não existe necessidade do Juiz de Direito ouvir a mulher ou o homem - acusado de ferir o ordenamento jurídico penal, para decidir acerca de representação do Órgão Ministerial ou do Delegado de Polícia Civil, para decidir pelo decreto prisional ou por seu indeferimento.

Na Comarca de Icó, uma das mais antigas do Estado do Ceará, o Juiz de Direito titular da Vara Única, Dr. Francisco Ireilton Bezerra Freire, de forma inédita marcou uma “audiência de justificação” onde achou por bem e com a cautela devida, ouvir as partes envolvidas na querela criminal; a Delegada de Polícia Civil, o Promotor de Justiça; advogados, colheu informações do Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS e, depois de cumprida as mais comezinhas regras de direito, DECRETOU A PRISÃO PREVENTIVA de uma mulher que estava desobedecendo uma ordem judicial.

DO FATO CONCRETO

Na representação, o Promotor de Justiça alegou que uma jovem de inciais FBB, vinha descumprindo medida protetiva de afastamento, exarada pelo Poder Judiciário de Icó, em favor da senhora de iniciais TLB, pois se aproximava da vítima constantemente e, inclusive, alugou uma casa defronte a residência da ofendida.

Tratava-se de situação de violência doméstica e familiar envolvendo uma sobrinha e uma tia idosa, a qual vinha sofrendo agressões físicas e psicológicas da primeira, salientando-se que ambas residiam na mesma casa.

Encerrada a audiência, o Órgão Ministerial ratificou o pedido de prisão preventiva e requereu que o Conselho Tutelar fosse acionado para acompanhar a situação das crianças filhas da acusada, diligenciando para encontrar pessoas da família extensa que possa ficar com a guarda das menores, temporariamente, e que o caso fosse acompanhado pelo CREAS.

Na audiência, o Juiz de Direito Francisco Ireilton Bezerra Freire, decretou a prisão preventiva da indiciada perante os presentes.         

LIDE FORENSE

A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo Fabrício Moreira da Costa, pessoas sorrindo, pessoas sentadas

Visitando nesta sexta-feira(12), o nosso ínclito magistrado titular da Vara Única da Comarca de Icó, Dr. Ireilton Freire, que elegantemente recebe todos os operadores do direito e a sociedade como um todo, com respeito e destacada educação.

quinta-feira, 11 de abril de 2019

Vocês Sabiam?

A imagem pode conter: Edmir Peixoto Dos SantosA imagem pode conter: Altino Afonso Medeiros, terno
Que Edmir Peixoto(Piolho) foi vice-prefeito de Icó?

Que Eduardo Peixoto(Padim) foi vice-prefeito de Icó?

Vocês sabiam, que à época, o eleitor votava em chapas separadas para prefeito e vice-prefeito dos municípios do Brasil?

- Edmir(Piolho) foi eleito vice-prefeito de Icó e teve mais votos nas urnas do que o prefeito eleito, o Sr. Walfrido Monteiro.

- Eduardo(Padim) foi eleito vice-prefeito de Icó e teve mais votos nas urnas do que o prefeito eleito, o Dr. Newton Fernandes.

ICÓ, SIMPLESMENTE!


A imagem pode conter: céu e atividades ao ar livre

O conjunto arquitetônico e urbanístico de Icó - tombado pelo Iphan, em 1998 - é considerado o melhor da arquitetura tradicional feita no Ceará, inclusive no plano popular.

Este patrimônio concentra-se em suas principais ruas, onde estão os bens de maior relevância e o traçado urbanístico imposto pelas normas da Coroa Portuguesa, no século XVIII.

Como toda a arquitetura tradicional produzida na antiga Província do Ceará, a de Icó também prima pela simplicidade e despojamento. A cidade conserva - com bastante integridade - um precioso acervo arquitetônico e a área delimitada para a proteção possui, aproximadamente, 347 imóveis.

A cidade foi a primeira a receber este tipo de tombamento - conjuntos urbanos protegidos pelo Iphan - e uma de suas maiores expressões é o centro histórico, que remonta ao período colonial.

Formada basicamente por portugueses e franceses, herdou uma rica arquitetura no estilo barroco com características próprias da Região Nordeste e com linhas do neoclássico francês.

Durante a exploração do ouro e a produção do charque, nos séculos XVIII e XIX, Icó progrediu como importante entreposto comercial do interior da Província do Ceará. Desse período também permaneceram inúmeras construções, verdadeiros documentos da ocupação do sertão nordestino pela pecuária.

Mesmo nas igrejas mais antigas, não existem trabalhos complexos e sofisticados de talha ou cantaria. O único edifício de traço mais erudito existente na cidade é o Teatro da Ribeira dos Icós, construção de linhas neoclássicas.

Alguns sobrados na cidade, localizados no trecho mais antigo da Rua Ilídio Sampaio, ostentam fachadas com elementos decorativos mais elaborados como gradis, cercaduras e revestimentos em azulejos portugueses. Também merece destaque o trabalho plástico nas edificações construídas ou remodeladas entre o final do século XIX e o início do XX.

Note-se a capacidade dessa arquitetura de adaptar o repertório básico da arquitetura brasileira do período colonial ao meio agreste e à escassez do sertão.

Centralizando o caminho das boiadas, Icó tornou-se o mais importante entreposto comercial do interior da Província do Ceará.

Datam dessa época a construção de igrejas, da cadeia, do mercado e de sobrados com belos azulejos portugueses. Seu desenvolvimento entrou em declínio com a queda da exportação dos produtos derivados da criação de gado, em consequência das sucessivas secas e da entrada no mercado nacional do gado criado nas pastagens do Sul e Sudeste do Brasil.

O enfraquecimento político e econômico contribuiu para a preservação de grande parte do patrimônio arquitetônico e urbanístico da cidade. A nova área de expansão urbana surgiu a leste do rio Salgado, poupando o núcleo histórico de maiores alterações.

Uma das suas características é o traço determinante do urbanismo colonial da região: a implantação da cidade, apesar de dependente, de “costas” para o rio Salgado, afluente do rio Jaguaribe. Seu valioso acervo arquitetônico encontra-se conservado, em sua maior parte, apesar da descaracterização na paisagem, testemunho da ocupação do sertão nordestino.

História - No início do século XVIII, as tribos indígenas que habitavam a região se opuseram tenazmente aos colonizadores. Entre as serras do Pereiro e os vastos sertões do Cedro, o capitão-mor Gabriel da Silva Lago mandou erguer uma paliçada de defesa e proteção dos moradores da ribeira do rio Salgado contra as investidas dos índios.

Neste local, surgiu um arraial, a atual Icó. Após lutas sangrentas entre sesmeiros, colonizadores e indígenas, o padre João de Matos Serra, prefeito das Missões, obteve a pacificação.

Com o fim das lutas, o Arraial da Ribeira dos Icós floresceu e se desenvolveu nos arredores da Capela de Nossa Senhora da Expectação. O povoamento e o desenvolvimento da região coube às famílias Monte e Feitosa, que desfrutavam de grande prestígio e dominavam vastas áreas do território.

Em 1736, o arraial foi elevado à categoria de vila com a denominação de Arraial da Ribeira dos Icós.

O arraial se transformou na Vila do Icó, localizada na área mais dinâmica da Capitania do Ceará, em ponto estratégico do cruzamento de duas importantes vias de comunicação colonial: a Estrada Geral do Jaguaripe ligava o Ceará a Pernambuco (Porto de Aracaty-Icó-Cariri) e a Estrada das Boiadas ou dos Inhamus (ligação do Ceará com o Piauí e a Paraíba).

Também convergia para Icó, a Estrada Nova das Boiadas que partia de Sobral e atravessava o sertão central do Ceará.

Em meados do século XVIII, a Capela de Nossa Senhora do Ó (padroeira do povoado) foi erguida por Francisco Monte, período em que a vila alcançou um grande desenvolvimento econômico propiciado pela criação de gado, em todo o Nordeste.

A vila funcionava como um ativo centro de comercialização do gado em pé pela sua posição de polo coletor e distribuidor no sertão. Fruto desta prosperidade é o conjunto de sobrados construídos no núcleo histórico.

No século XIX, como um dos centros comerciais e culturais mais importantes do Ceará, a vila foi elevada à condição de cidade, em 1842.

Monumentos e espaços públicos tombados:

- Teatro da Ribeira dos Icós; Sobrado do Canela Preta; Casa de Câmara e Cadeia; Largo do Theberge; e as ruas Dr. Inácio Dias, Ilídio Sampaio, Regente Feijó, Frutuoso Agostinho e 7 de Setembro, entre outros.

Casa de Câmara e Cadeia -

Construída entre o final XVIII e início do século XIX, é uma das maiores e mais importantes do Estado, com original sistema de grades de ferro para isolamento das celas.

Em 1780, a obra foi paralisada devido à utilização do barro para seus alicerces e retomada em 1800, pelo capitão Roberto Correia da Silva, utilizando pedra e cal.

Em 1862, as instalações foram transformadas em enfermaria para as vítimas da epidemia de cólera, com a Capela de Nossa Senhora da Expedição. No pátio, estão a capela e dois alojamentos para soldados.

#Da página: Fazendas Históricas.

VISITA



Recebendo em nossa residência, para o café da manhã em Icó nesta quinta-feira(11), o amigo Klébio e o meu primo Marco Aurélio, vindo da próspera Tauá.

Marco está em seu oitavo mandato eletivo, sempre eleito com expressiva votação.

Vereador, vice-prefeito e também como prefeito, concluindo o mandato do "Seu Castro Castelo", nosso estimado Fuscão Preto, de saudosa memória.

quarta-feira, 10 de abril de 2019

Secretaria de Educação recebe últimas remessas do fardamento escolar

Nenhuma descrição de foto disponível.A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em péA imagem pode conter: pessoas sentadas
A Secretaria de Educação de Icó recebeu nesta terça-feira (09) as últimas remessas do fardamento escolar completo, com shorts, blusas, tênis e mochilas produzidos com material de primeira qualidade, confeccionados por profissionais do município.

Nas próximas semanas, a prefeita Laís Nunes estará fazendo a entrega do fardamento completo aos alunos da Rede Pública Municipal de Ensino, além de continuar com o calendário de entrega também das carteiras escolares, onde até o final de abril, mais de cinco mil mesas e cadeiras novas vão substituir o material antigo de todas as escolas de municipais de Icó.

A entrega de fardamentos e carteiras escolares fazem parte do pacote de ações de melhorias nas escolas do projeto Educação de Ponta, criado na atual Gestão Cidade Feliz.

RODOVIA PADRE CÍCERO

Resultado de imagem para rodovia padre cicero

A nossa tão desejada Rodovia Estadual Padre Cícero, que reduz em muito a distância entre o Cariri e a Capital, encontra-se muito esburacada e com crateras que está causando graves acidentes.

O trecho que interliga a comunidade do Cascudo - no município de Icó - a Juazeiro do Norte merece não apenas uma Operação Tapa Buracos, mas uma extensa camada asfáltica nova.

Pacto Federativo no Brasil


Nenhuma descrição de foto disponível.

Federação é uma forma de organização do Estado, composta por diversas entidades territoriais, com autonomia relativa e governo próprio para assuntos locais, unidas numa parceria que visa ao bem comum. Essa parceria é regulada pela constituição de cada país, que estabelece a divisão do poder e a dinâmica das relações entre as unidades federadas, além de toda a moldura jurídica, como direitos e deveres que determinam a atuação dos entes federados.

De acordo com a Constituição de 1988, a República Federativa do Brasil é composta pela parceria indissolúvel de estados, municípios e distrito federal. A organização político-administrativa brasileira compreende a União, os estados, o Distrito Federal e os municípios, todos autônomos, nos termos da Constituição.

O pacto federativo é o conjunto de dispositivos constitucionais que configuram a moldura jurídica, as obrigações financeiras, a arrecadação de recurso e os campos de atuação dos entes federados. O debate em torno do pacto federativo que está sendo travado atualmente no Congresso Nacional gira em torno, sobretudo, de questões fiscais.

#Pacto desequilibrado

De acordo com o consultor da Câmara dos Deputados Aurélio Palos, a Constituição de 1988 promoveu significativa descentralização de recursos, sem a preocupação de redistribuir, simultaneamente, a responsabilidade sobre os serviços.

Em resposta esse desequilíbrio, a União lançou mão da criação e majoração de alíquotas de tributos não partilhados com estados e municípios, sobretudo de contribuições sociais. Foi o caso, por exemplo, da Contribuição sobre Movimentação Financeira (CPMF), atualmente extinta.

Ao londo dos anos, o desequilíbrio foi crescendo, com o aumento das obrigações estaduais e municipais em relação a áreas como saúde, segurança e educação, por exemplo, sem o devido crescimento de arrecadação destinada a essas entidades federativas.

Palos afirma que, mais recentemente, em vista das severas restrições fiscais sofridas pelos governos estaduais e municipais , a União tem-se valido de medidas paliativas, tais como a entrega de recursos a título de auxílio financeiro a estados e municípios e o incremento marginal na participação destes entes na arrecadação federal.

#Para entender melhor

De cada R$ 100 reais arrecadados no Brasil, R$ 66 vão para o governo federal, enquanto os estados ficam com apenas R$ 20 reais e os municípios com pouco mais de R$ 10 reais.

O presidente Jair Boslonaro prometeu, desde a campanha eleitoral, discutir melhor o Pacto Federativo, onde afirmou que deseja "menos Brasília, mais Estados e Municípios".

Nota: mais informações na página do Senado Federal.

A história por ela mesma...

A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo Fabrício Moreira da Costa, pessoas sentadas, pessoas em pé e atividades ao ar livre

Certa feita, ouvi do querido amigo Lourival Augusto(Caboquinho) - que já partiu da vida terrena -, que teríamos a necessidade de vivermos 300 anos, no mínimo, para sermos caminhantes dos destinos corretos da vida.

No último sábado(6) em Icó, na sombra das nossas gigantes Tamarineiras localizadas na rua Desembargador José Bastos(Rua das Almas), bati um papo firme com Almiro Lopes, ei-lo com 84 anos de idade, e com um livro memória guardado dentro si de muitas coisas do cotidiano icoense.

Icó, têm histórias, que ainda devem vir a público em livros e que não nos foram contadas, nem nos bastidores do "Pau de Jacu" - Instituição Popular não Governamental presidida por Vicente das Lavras, fincada no centro comercial icoense -, que muitos nem imaginam.

terça-feira, 9 de abril de 2019

CÂMARA DE VEREADORES DE ICÓ DEBATERÁ REFORMA DA PREVIDÊNCIA

A Câmara Municipal de Icó, aprovou por unanimidade, requerimento de autoria do vereador e professor Marconiêr Mota, que sugeriu a instalação de uma "Audiência Pública" para debater a "Reforma da Previdência" proposta pelo Governo Federal, e que tramita no Congresso Nacional.

A Audiência Pública ocorrerá no Plenário da Câmara Municipal de Icó, no próximo dia 12 de abril de 2019(sexta-feira), às 9h.

O evento é aberto a sociedade, as instituições públicas e privadas, bem como foi convidado autoridades no assunto para expor aos cidadãos de forma didática as principais mudanças que estão sendo sugeridas para a Reforma da Previdência no Brasil.  

Projeto que extingue Exame de Ordem faz OAB buscar deputados cearenses

Resultado de imagem para querem acabar exame da ordem erinaldo

Um projeto de lei que extingue o Exame de Ordem como exigência para inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), de autoria do deputado federal José Medeiros (Pode-MT), motiva divergências no Congresso Nacional e, também, reações de operadores do Direito. O objetivo da proposta, desarquivada na atual legislatura, é equiparar a profissão de advogado a outras atividades profissionais que não têm a necessidade de submissão a uma avaliação, o que tem feito a categoria dialogar com parlamentares em busca de apoio a pautas.
No Ceará, a OAB está preocupada com a quantidade de projetos tramitando no Legislativo que podem afetar a entidade. Em reunião realizada na segunda-feira (8), metade da bancada cearense na Câmara se comprometeu em atuar em defesa da Ordem, visto, segundo deputados, a relevância da OAB para a sociedade brasileira.
O projeto original que extingue o Exame de Ordem é de autoria do então deputado federal Jair Bolsonaro, hoje presidente da República. Ele, inclusive, já eleito presidente, se manifestou contra o Exame aplicado aos recém-formados, justificando que isso acaba por criar "boys de luxo de escritórios de advocacia".
De acordo a proposta de José Medeiros, a Constituição estabelece que a educação será promovida com a colaboração da sociedade e, por isso, não há dúvida sobre "a competência dos estabelecimentos de ensino em qualificar o cidadão para o exercício profissional e, como consequência, exclui tal atribuição da Ordem dos Advogados do Brasil".
O deputado afirmou, recentemente, que propôs novamente o projeto porque o anterior foi arquivado com o fim do mandato do então deputado Jair Bolsonaro.
Além deste, outros 31 projetos que estão no Congresso são de interesse da entidade, incluindo o que trata da criminalização da violação das prerrogativas dos advogados. "Essas matérias são urgentes e dependem do engajamento da bancada federal cearense, para que haja uma tramitação positiva", afirmou o presidente da OAB Ceará, Erinaldo Dantas.
"Queremos ainda deixar a OAB aberta para discutirmos com os deputados sobre projetos como a porte de armas, lei anticrime, Previdência... Temos aqui um vasto acervo de grandes juristas que pode contribuir para esses respectivos projetos", expôs.
Agenda extensa
Entre deputados cearenses, a aproximação foi vista como positiva. Roberto Pessoa (PSDB) lembrou que há 20 anos não havia uma reunião entre a bancada federal e a OAB no Ceará. "Somos pioneiros e estamos começando a nos entender. Já encaminhei os projetos para que minha assessoria, em Brasília, possa fazer triagem dos projetos que a OAB nos entregou", disse.
Para o coordenador da bancada, Domingos Neto (PSD), há um novo momento na relação entre Congresso e OAB, o que proporcionará maior conhecimento da bancada. "Os advogados presidencialistas conhecem o funcionamento da Previdência; os trabalhistas, os problemas do Direito do Trabalho; e os criminalistas, do Direito Penal. Dessa relação, nascerão muitos projetos de lei, de iniciativa, em conjunto", defendeu.
André Figueiredo (PDT) defendeu que haja senso de moderação entre as entidades para que o Brasil não enfrente mais crises no futuro. Já Heitor Freire (PSL), único membro da base governista presente, destacou como "louvável" a proximidade entre OAB e Congresso Nacional.
Compareceram ao evento, realizado na sede da OAB Ceará, os deputados federais Domingos Neto, André Figueiredo, Denis Bezerra, Eduardo Bismarck, Idilvan Alencar, José Airton Cirilo, Júnior Mano, Heitor Freire, Mauro Filho e Roberto Pessoa.

Valeu, Rio Salgado!

Castanhão tem o maior acúmulo de água no Ceará nas últimas 24 Horas

TEATRO DA RIBEIRA DOS ICÓS


A imagem pode conter: nuvem, céu e atividades ao ar livre

"Preservar o teatro é a garantia da história rediviva, guardada, acomodada no colo e no coração do povo icoense. O verdadeiro povo, o que ama a cidade, ama seu patrimônio, respeita e defende o tempo e a cultura".

E viva o Teatro da Ribeira dos Icós de 1860: sendo restaurado pela gestão Laís Nunes em parceria com o FUNPATRI

Sobrado do Barão do Crato


A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

Bernardo Duarte Brandão – o Barão do Crato – nasceu em Icó, no dia 15 de julho de 1832, filho de um rico fazendeiro proprietário de terras da Ribeira dos Icós.

Ainda jovem o Barão vai à Europa para complementar seus estudos; quando viaja, sua irmã ainda é uma criança; quando retornou encontrou uma linda mulher. O barão se apaixona por ela, e é correspondido.

Na tentativa de superar os obstáculos morais e sociais, o barão vai até o Vaticano, pedir permissão ao papa para casar-se com a irmã. O Papa nega a autorização, dizendo que a igreja não abençoaria tal união.

Derrotado e frustrado, o Barão resolve permanecer solteiro, no que é seguido pela irmã. A frustração amorosa e o seu amaldiçoado amor por Maria do Rosário, fizeram do barão um homem amargurado e cruel.

Temido e antissocial, o Barão não frequentava a sociedade e estava sempre envolvido em disputas políticas.

Insatisfeito com duas tamarineiras que serviam de abrigo e sombra para viajantes, incomodado com o barulho e o mau cheiro dos animais, o Barão ordenou que as árvores fossem arrancadas.

Mas uma mulher, Dona Glória Dias, descendente do Visconde do Icó resolveu enfrentá-lo.

Dona Glória adquiriu uma carroça de pólvora e informou ao Barão que caso as árvores fossem cortadas, ela faria seu sobrado voar pelos ares.

Sabedor que a promessa de Glória Dias era coisa para ser levada a sério, o Barão recuou!

segunda-feira, 8 de abril de 2019

Amor pela vida!


A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado

Mesmo lutando contra uma enfermidade e problemas no coração, que lhe persegue há anos, o querido amigo Dr. José Ilo - médico, secretário de saúde de Iguatu, ex-deputado estadual e prefeito por três vezes do município de Quixelô, nunca perdeu o amor pela vida, pelos amigos, familiares e correligionários do Centro Sul.

Hoje, por conta de sua situação de saúde, reside involuntariamente em Fortaleza, mas é em Iguatu e Quixelô que remontam todos os seus nobres sentimentos de amor, de espírito público e regozijo pessoal de estar entre àqueles que o amam de verdade.

Perguntado sobre a vida e acerca do seu filho primogênito Agenor Neto, engenheiro civil, atual Deputado Estadual e ex-prefeito de Iguatu por duas oportunidades, ele vai direto ao assunto:

- Minha vida é um vento;
- não sou temido, apenas respeitado;
- não gosto de brincadeiras que exerçam a violência ou a desmoralização das pessoas; 
- a disciplina é o grande exemplo que deve seguir um governante;
- sou um amante de cidades arborizadas; 
- administrar é trazer o futuro ao presente;
- o líder tem que se fazer respeitar;
- a falta de compromisso leva as pessoas ao descaso geral;
- procure ser o melhor que as pessoas te reconhecerão;
- sem vaidades afirmo: fui bom médico e bom prefeito quando no exercício destas funções; 
- Agenor Neto como prefeito de Iguatu foi para mim uma extraordinária satisfação; ele tem sido um grande exemplo de homem público.


Na torcida Doutor José Ilo, como muitos dos seus, para que a recuperação seja presente e que sua vida seja longa!

sexta-feira, 5 de abril de 2019

Deputado Federal Domingos Neto será o Relator do Orçamento Geral da União

Resultado de imagem para domingos neto
Nenhuma descrição de foto disponível.
O Deputado Domingos Neto(PSD), cearense dos Sertões dos Inhamuns (Tauá), que tem apenas 30 anos de idade e já exerce o seu terceiro mandato na Câmara dos Deputados em Brasília, acaba de ser indicado para o cargo mais importante do Congresso Nacional, no que se refere a possibilidade de alavancar recursos orçamentários e financeiros para atender a Região Nordeste, o Estado do Ceará e, sobretudo, os Municípios que passam por momento de extrema dificuldade financeira, o que lhes impede de ter recursos para investimento básicos e essenciais.

TAL PAIS, TAL FILHO

O Deputado Domingos Neto é filho do ex-Presidente da Assembleia Legislativa, ex Vice-Governador e ex-Presidente do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Ceará, Domingos Filho, que é reconhecido no Ceará com um político de externa habilidade para a articulação política e de ser um graduado gestor e empreendedor que transformou a Assembleia Legislativa na mais moderna, estruturada e equipada do país.

A mãe, atual Deputada Estadual Patrícia Aguiar, foi três vezes Prefeita de Tauá e é publicamente reconhecida como uma das mais destacadas gestoras do Estado, tendo levado o município tauense a receber diversas premiações Estaduais, nacionais e internacionais por Programas Inovadores implantamos em suas gestões.

"Domingos Neto reuniu o que de melhor tem nos pais e, sem dúvida, desponta como uma grande liderança Estadual", disse o jornalista Walney Castro.

Mesmo com apenas oito anos de mandato, a trajetória de Domingos Neto na Câmara dos Deputados, aonde chegou aos 22 anos de idade como um dos mais jovens do Brasil, já acumula diversos espaços nunca ocupados por Deputados Federais veteranos do Estado do Ceará.

Na Câmara dos Deputados ocupou os cargos de Presidente da Frente Parlamentar da Juventude, Presidente da Comissão de Desenvolvimento Urbano, Presidente da Comissão de Integração Nacional, Líder Nacional da Bancada de Deputados Federais do PROS e Líder Nacional da Bancada de Deputados Federais do PSD.

O cargo de Relator Geral da Comissão Mista do Orçamento Geral da União é o mais disputado de todos, pela importância que dispõe perante o Governo Federal, os Governadores dos Estados e os Prefeitos Municipais de todo Brasil.

TEM INÍCIO REFORMA DO TEATRO DA RIBEIRA DOS ICÓS



A imagem pode conter: uma ou mais pessoas
"O nosso maior ícone inicia sua reforma", diz Eliseu Amâncio.

O vereador Eliseu Amâncio - líder da bancada da prefeita Laís Nunes na Câmara Municipal, utilizou a tribuna nesta quinta-feira(4), para registrar o inicio das reformas do Teatro da Ribeira dos Icós.

O Teatro da Ribeira dos Icós é datado de 1860, fica localizado no sítio histórico icoense, e é um dos mais belos acervos arquitetônicos de Icó.

"Em parceria com o FUNPATRI, a prefeitura de Icó por designação da prefeita Laís Nunes, reformou o Sobrado do Canela Preta, a Casa de Câmara e Cadeia e, agora, o Teatro da Ribeira dos Icós", anunciou o vereador.

TEATRO DA RIBEIRA DOS ICÓS

A imagem pode conter: árvore, planta, céu, mesa e atividades ao ar livre

O teatro continua sendo sem dúvida um instrumento de reflexão e luta política, apesar de ter sofrido censura violenta da ditadura militar e econômica nos tempos atuais.

Continua sendo, também como sempre foi, uma atividade de entretenimento.

Configura-se, igualmente, muito diferente do teatro realizado há 50 anos, como diferente é a sociedade brasileira atual. O teatro pode ser palco de manifestações ideológicas. O teatro é palco de manifestações ideológicas, mas que o bom palco de artes e cultura continue sendo aquele que coloca as ideologias em questão.

“Desideologizar” é mais próprio ao teatro que qualquer tentativa de ideologização. O teatro ainda hoje é uma representação do que acontece na sociedade. Para o bem e para o mal.

Não duvide que tenha sido esse o sentimento do Dr. Pedro Theberge ao erguer em 1860 em Icó o "Teatro da Ribeira dos Icós", uma casa de espetáculo que vivenciaria ao longo dos anos e desde o século 18, o caminhar da cultura dos povos.

O teatro, essa sublime representação de todas as artes, não só reverencia autores e atores do distante passado grego, onde nasceu, mas cutuca a capacidade de pensar das pessoas e se desenvolve nas escolas, nas casas sociais, e no cotidiano.

O teatro preserva em seus textos a vida e se estende ao futuro. De alguma forma, o texto dramático se constitui numa fábula e, como tal, propõe metáforas que podem ser traduzidas em qualquer época.

Os textos clássicos tratam das relações entre os homens e são permeados por questões humanas fundamentais que podem ser revisitadas em qualquer momento. A essência do teatro, enquanto edificação é acolher esses sentimentos.

Preservar o Teatro é a garantia da história rediviva, guardada, acomodada no colo e no coração do povo icoense. O verdadeiro povo, o que ama a cidade, ama seu patrimônio, respeita e defende o tempo e a cultura.

Feliz sentimento de Laís Nunes, repito, guardiã da nossa história, que mandou dar início na última quarta-feira(3) em parceria com o FUNPATRI - Fundo de Preservação do Patrimônio Histórico e Cultural, a reforma total do histórico Teatro da Ribeira dos Icós.

(Por Fabrício Moreira da Costa, Advogado e Contista).

quinta-feira, 4 de abril de 2019

O RIO SALGADO...

A imagem pode conter: céu, planta, árvore, atividades ao ar livre e natureza
Rios correndo, cachoeiras tão cantando...se mestre Gonzaga disse isso um dia, ou foi seu parceiro, por certo era inverno, nas cercanias do Salgado, o rio que emprenha o Castanhão de alegria e põe na mesa cearense esperança e boa vontade.

Olha ele aí passando pelos caminhos do Icó.

(Por Macário Batista, jornalista).

Prefeitura de Icó inicia confecção de fardamento completo para alunos da rede municipal

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, sentadoA imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, em pé
A Prefeitura Municipal de Icó e a Secretaria Municipal de Educação preparam a confecção do fardamento completo para todos os alunos da rede de ensino da região. A produção faz parte do projeto Educação de Ponta, que envolve uma série de melhorias e mudanças que já começaram a ser realizadas nas escolas.

O kit do fardamento, composto por blusa, shorts/saia, tênis e mochila, atende todas as exigências padrões do Ministério da Educação (MEC) e é fabricado por profissionais da região.

"Essa é uma das minhas exigências; que o fardamento seja produzido aqui, para valorizar os nossos profissionais e gerar renda. Outro detalhe que acompanhei de perto é a qualidade do material para que os produtos tenham a devida durabilidade", afirma a prefeita Laís Nunes.

Educação de Ponta

No último dia 27, a Escola Municipal Presidente Castelo Branco, no Conjunto Gama, recebeu quase 200 mesas e cadeiras novas. Ao todo, 5 mil carteiras ainda serão trocas em todas as escolas do município.

Além das entregas de fardamento completo e de mesas e cadeiras novas, outras ações também estão previstas no projeto, como reformas e construção de escolas, compra de livros didáticos e paradidáticos e capacitação de professores.

"O processo de aprendizagem não se faz apenas com o prédio da escola, os professores e alunos em si. A qualidade de ensino e material adequado também são importantes", explica a secretária de Educação Aurineide Amaro.