sexta-feira, 24 de abril de 2009

CONTAS DESAPROVADAS DE CARDOSO MOTA CHEGAM A CÂMARA DE VEREADORES DO ICÓ.

As contas do governo Cardoso Mota (PSDB), ano 2006, já estão na Câmara Municipal de Icó, com parecer do Tribunal de Contas dos Municípios – TCM, por sua total desaprovação, para votação – aprovação ou rejeição do parecer do TCM, pelos vereadores do Icó.

Ressalte-se que todos os pareceres do Tribunal de Contas dos Municípios – TCM, de toda gestão Cardoso Mota, que entrou para a “história política icoense”, como era seu desejo, foram por sua desaprovação-rejeição.

O mais esquisito, é que a presidência da Câmara de Vereadores, através de seu representante, vereador Ricardo Nunes (PTB), não divulgou em nenhum meio de comunicação da urbe, acerca da votação das contas de Cardoso Mota (PSDB), para conhecimento e acompanhamento da sociedade.

O que sei, pois sou bem informado, é o que o presidente procurou os vereadores da oposição, sugerindo uma troca de favores: “votamos todos pela aprovação das contas de Cardoso Mota agora e, mais adiante, votaremos todos nas contas do então prefeito Neto Nunes” (sic).

O juízo de valor, individual dos vereadores, cabe o resultado de seu voto.

No Icó, era público e notório o meu respeito e atenção recíproca pelo vereador Ricardo Nunes, quando militei politicamente em campos convergentes.

Daí, quando Ricardo Nunes iniciou um trabalho silencioso (pedido por Neto Nunes) em favor de Cardoso Mota, como agora se define mais claramente, o chamei em emissora de Rádio, de “líder do prefeito Cardoso Nunes” (sic).

Raivoso, Ricardo Nunes taxou-me “de leviano e de sonhinho”.

Como a história é o SENHOR DA RAZÃO E DO TEMPO, mais uma vez este humilde escriba estava correto.

Até tu Ricardo Nunes ?





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.