sábado, 25 de abril de 2009

EX-PREFEITO DE ICÓ, QUILON PEIXOTO FARIAS, PROIBIDO DE SAIR AS RUAS DA CIDADE NESTE SÁBADO.

O ex-prefeito e médico Quilon Peixoto Farias, ficou proibido de sair às ruas de Icó, neste sábado, por conta de um “bueiro entupido” (entupido há vinte anos) e falta de saneamento na avenida e bairro onde reside, pois, defronte a sua casa se criou uma verdadeira “lagoa”, com as chuvas de quase 100 milímetros que banharam o município nesta madrugada.

Quilon Peixoto Farias, que (des)governou o Icó por (10) dez anos, sentiu na própria pele como é ruim para a coletividade um “péssimo governante no poder”.

Registre-se, que uma vez por ano, o médico e sua família ficam proibidos de sair de casa. Nem ele, nem seu grupo de aliados, que administram a valente Icó por 25,4 (vinte e cinco anos e quatro meses), realizaram obras capazes de mudar este caótico quadro da urbe.

Novamente, hoje, (já dura mais de vinte e cinco anos esta triste cena) amanhecemos com o Conjunto Josefa Campos Monteiro totalmente inundado e destruído. Durante mais de vinte e cinco anos assistimos, também, inundações no Conjunto Pedrinhas; BNH; São Vicente; DNER; GH1 e GH2 e ribeirinhos do Rio Salgado.

Deus é o culpado? Jamais!

Parafraseio Rubens Brasil: “inverno é pra chover. E muito!”.

O ex-governador Virgílio Távora, afirmava por diversas vezes, que “a melhor administração de um governante é um bom inverno”.

Porém, no Icó, que falta tudo, chuva e inverno forte, trás sensação de medo e de destruição.

Na verdade, falta compromisso e vergonha aos políticos icoenses.

O despreparado prefeito de Icó, Marcos Nunes, hoje pela manhã, que fala pouco e ruim nem diz o que sabe...nem sabe o que diz -, foi para a rádio Papagaio - Fm, conversar lorota e jogar pedras na oposição ao seu fraquinho governo.

O Líder político Jaime Júnior, também falou na Brasil – FM, onde fez um alerta a população, inclusive, quais as saídas urgentes a ser adotadas.

Jaime Júnior, como não faz parte do silêncio, enviou um recado a Marcos Nunes: “deixe de jogar baralho, no posto Ceará do Iguatu, e venha assumir as suas responsabilidades. Ficar passeando e brincando de ser prefeito não resolve os problemas” (sic).

Como você eleitor e ledor deste canto de página, é um sábio, veja quem governou o município icoense, por vinte e cinco anos e quatro meses, e tire suas próprias conclusões.

Afinal, a culpa pelas inundações é de Deus ou desta turma unida pra tudo, abaixo-relacionada:

QUILON PEIXOTO FARIAS – PREFEITO DE ICÓ POR 10 ANOS;
NETO NUNES – PREFEITO DE ICÓ POR 08 ANOS;
ORIEL NUNES – PREFEITO DE ICÓ POR 04 ANOS;
CARDOSO MOTA NUNES – PREFEITO DE ICÓ POR 3,4 ANOS;
MARCOS NUNES – PREFEITO ATÉ AGORA POR 4 MESES.
TOTAL: 25,8 (VINTE E CINCO ANOS E OITO MESES NO PODER).
Reflita!.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.