quarta-feira, 8 de abril de 2009

PREFEITA DE ÓROS RETORNA AO SEU MANDATO

A prefeita deste município, Fátima Maciel Bezerra (PSB), assumiu na noite da segunda-feira, a Prefeitura por determinação judicial. A prefeita, reeleita em 2008, obteve no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) uma liminar contra a decisão do juiz da comarca local, Fernando Antônio Medina de Lucena.

O magistrado cassou o mandato da prefeita, na sexta-feira passada, ao julgar procedente ação de investigação judicial eleitoral ajuizada pelo Ministério Público Eleitoral por compra de voto.Em face da decisão favorável, os partidários da prefeita comemoraram o retorno dela à Prefeitura, após sessão especial de posse realizada na Câmara Municipal. Ainda na sexta-feira passada, a presidente da Câmara Municipal, vereadora Luhanna Urya Bezerra, filha da prefeita então afastada por determinação do juiz Fernando Medina de Lucena, foi empossada no cargo de prefeito, com base na Lei Orgânica do Município.


A Justiça de Orós também havia cassado o mandato do vice-prefeito, Luis Soares da Silva (Dr. Lula), do PSL.À decisão judicial em primeiro grau cabe recurso que deve ser impetrado pela Assessoria Jurídica da prefeita no Fórum local. Posteriormente, o TRE deve julgar o mérito da ação cautelar ajuizada contra a decisão do juiz Fernando Medina de Lucena.O promotor eleitoral de Orós, Luciano Tonet, informou que no TRE há um recurso a ser julgado contra a diplomação da prefeita e do vice-prefeito.


No Fórum de Justiça de Orós também tramitam mais sete processos, alguns de iniciativa do Ministério Público Estadual e outros da coligação oposicionista, a maioria sob acusação de prática de compra de voto, contra a chapa eleita em outubro passado.

(FONTE: JORNALISTA HONÓRIO BABOSA)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.