O BLOG QUE FALA SÉRIO! fabriciomoreiraadv@gmail.com .

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Comissão do Senado propõe alternativa ao fim das coligações proporcionais.

SENADO FEDERAL
A comissão do Senado da República que discute reforma política aprovou na última quarta-feira, 1, uma proposta alternativa ao “fim das coligações proporcionais”, tese que foi rejeitada pela Câmara Federal. A ideia é que o projeto seja analisado pelo plenário da Casa antes do recesso parlamentar, que inicia no dia 17.
Segundo o texto, a contagem dos votos para eleger um deputado ou um vereador será feito por partido, e não mais pela coligação. Ou seja, cada legenda terá que alcançar, por si só, o quociente eleitoral – número mínimo de votos para eleger um candidato.
“Esse projeto visa o fortalecimento dos partidos. Eles vão ter que ter seus próprios votos para eleger o parlamentar”, afirma o presidente da comissão, senador Jorge Viana (PT-AC).
Insegurança!
Diante das discussões sobre a possibilidade do fim das coligações proporcionais às eleições de 2016, em tramite no Senado Federal, os vereadores espalhados em várias agremiações partidárias correm o perigo de ser bem votados no pleito e não restarem eleitos.
“Muitos vereadores já estão se agrupando em um só partido, no máximo em dois, pra não correr o risco de mesmo com muitos votos nas urnas não chegar a fazer o quociente eleitoral. É um risco diante das incertezas do cenário ainda em fase de discussão em Brasília”, avalia o vereador de Icó Maninho Mota (PROS).  


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Copyright © FABRÍCIO MOREIRA DA COSTA | Powered by Blogger Design by RaffaelNojosa | Blogger Template RN Solucões em designer