O BLOG QUE FALA SÉRIO! fabriciomoreiraadv@gmail.com .

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Prefeitura de Iguatu realiza a VI Conferência Municipal de Saúde.


Com o tema "Saúde Pública de Qualidade para cuidar bem das pessoas - Direito do Povo Brasileiro", Iguatu realizou a VI Conferência Municipal de Saúde, na terça-feira (30/06), no auditório do Campus Multiinstitucional Humberto Teixeira. A conferência, aberta ao público, faz parte da etapa preparatória para a 15ª Conferência Nacional de Saúde, que será realizada em dezembro, em Brasília.

A mesa de autoridades foi formada pelo prefeito Aderilo Alcântara, a secretária de Saúde, Vanderlúcia Lobo, a presidente do Conselho Municipal de Saúde, Francisca Saraiva, os médicos Carlile Lavor e Hildernando Bezerra, o coordenador da 18ª CRES, Ivan Bezerra, além de outras autoridades.

Durante o evento foi feita uma homenagem ao médico e ex-deputado José Ilo Dantas, com entrega de comenda.

Na abertura oficial, o prefeito Aderilo Alcântara destacou a importância do tema, e a obrigatoriedade dos gestores públicos em garantir saúde de qualidade à população. "Esse um momento de construção. E é importante que possamos ouvir a sociedade, e, a partir de um debate amplo e sério, que a gente possa encontrar propostas mais concretas para esse momento tão difícil que vive a saúde do nosso país", disse Aderilo Alcântara.

A conferência municipal de saúde é realizada de quatro em quatro anos e tem como objetivo debater os interesses e necessidades da população na área do Sistema Único de Saúde (SUS). “Que a gente escute a sociedade, os profissionais, as instituições. O mais importante é decidir o que pode ser feito para a melhoria da saúde de Iguatu”, disse Carlile Lavor, que proferiu palestra.

O médico e ex-prefeito de Iguatu, Hildernando Bezerra, um dos palestrantes, disse que a Conferência é o momento oportuno para avaliar a situação da saúde, elaborar novas propostas e garantir a participação de toda a população no planejamento das ações e melhorias para o futuro. “Por isso, o envolvimento de todos é sempre muito importante”, disse.

Durante os debates foram discutidos os seguintes eixos: Direito à Saúde, garantia de acesso e atenção de qualidade; Participação social; Valorização do trabalho e da educação em saúde; Financiamento do SUS e relação público-privada; Gestão do SUS e modelos de atenção à saúde; Informação, educação e política de comunicação do SUS; Ciência, tecnologia e inovação no SUS; e Reformas democráticas e populares do Estado. As propostas servirão de base para o Plano Municipal de Saúde, e serão levadas pelos delegados para a conferência estadual.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Copyright © FABRÍCIO MOREIRA DA COSTA | Powered by Blogger Design by RaffaelNojosa | Blogger Template RN Solucões em designer