sábado, 15 de agosto de 2015

Segurança: projeto prevê diminuição de roubos e furtos de celulares.



O deputado Odilon Aguiar apresentou nesta quarta-­feira (12), no plenário da Assembleia Legislativa, o projeto de lei que tem o principal objetivo de diminuir drasticamente o número de roubos e furtos de celulares no Ceará.

Conforme a proposta, a vítima que tiver o celular subtraído terá o aparelho bloqueado em 24 horas pelas operadoras. Dessa maneira, o celular fica impossibilitado de funcionar mesmo que coloque um chip de outra operadora.

O bloqueio acontecerá mediante o fornecimento do IMEI, que é o registro do telefone. Esse número está na nota fiscal, na embalagem ou pode ser obtido discando no próprio aparelho asterisco (*), jogo da velha (#), zero (0) seis (6), jogo da velha (#). O número que aparece é o IMEI, que deverá ser guardado.


Segundo dados recentes, de 2011 a junho deste ano, os roubos, furtos e extravios de celulares chegaram a 44.249 unidades. Mas esses números podem ser maiores, já que muitas vítimas não registram as ocorrências.

Consequentemente, muitos dos telefones caem nas mãos dos criminosos ou passam a fazer parte de um comércio clandestino de telefones celulares, ocasionando o aumento de ocorrências.


"A vítima fará o boletim de ocorrência, dará o número do registro do telefone, o chamado IMEI, então a Polícia Civil pedirá diretamente à operadora o cancelamento do aparelho. Não apenas da linha, mas do próprio aparelho. Ou seja, ele ficará inservível.

Para voltar a funcionar será necessário que o proprietário o reabilite, explica Odilon, destacando que com o projeto, a pessoa que tiver o celular roubado, furtado ou extraviado passará a ter chances reais de recuperar o aparelho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.