sábado, 8 de agosto de 2015

Servidores do judiciário recebem apoio do deputado Agenor Neto.

O deputado estadual Agenor Neto (PMDB) recebeu nesta quinta-feira (06/08), em seu gabinete, na Assembleia Legislativa do Ceará, a visita de servidoras grevistas do Poder Judiciário Federal e do Tribunal de Justiça, que foram pedir apoio ao PLC 28/2015, que trata do reajuste do salário dos servidores em até 59%.

O projeto, de autoria do STF, foi aprovado no Senado Federal e vetado pela presidente Dilma Rousseff (PT), no dia 21 de julho. O veto foi recebido por indignação pela categoria, que há mais de nove anos não tem reajuste. A luta da categoria agora é pela derrubado do veto pelo Congresso Nacional.

A comissão, formada pelas servidoras, Fábia Maria Araújo, Elena Campo Del Torto, Claudionora Pires, Deven Moura Miller e Denise, mostrou ao deputado Agenor Neto estudos que mostram a defasagem em até 70% dos salários das categorias com relação à inflação dos últimos anos. Nesse mesmo período o salário mínimo foi corrigido em 125%.

“Realmente, pelo que me foi exposto, entendemos serem justas as suas reivindicações, uma vez que o projeto tem como objetivo repor apenas as perdas inflacionárias, e não se trata de aumento real, e sim de reposição da inflação, não justificando, dessa forma, o veto da presidente Dilma”, disse Agenor Neto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.