O BLOG QUE FALA SÉRIO! fabriciomoreiraadv@gmail.com .

sábado, 30 de janeiro de 2016

PREFEITO DE ICÓ ESPERA DINHEIRO DO FUNDEB PARA DEFINIR CANDIDATURA.


Com a gestão muito mal avaliada e o prefeito de Icó, Jaime Júnior (DEM), sem disposição política para ir ao encontro do povo, haja vista as exageradas promessas de campanha feitas em 2012, ele espera que a Justiça Federal mande pagar cerca de R$ 54 milhões de reais, via precatório, que o Governo Federal deve ao município icoense, referente a uma diferença de valores, entre os anos de 2002 e 2006, do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério, atual Fundeb, para realizar diversas obras, em pleno período eleitoral, em todas às áreas de gestão.

A ação contra o Governo Federal, reclamando essa diferença de valores, foi protocolada ainda pelo ex-prefeito icoense, Neto Nunes, onde os valores buscados ao município de Icó, já estão em fase final para que sejam pagos.

Somente na última sexta-feira, os advogados Vicente Aquino e Tibério Cavalcante, conseguiram bloquear cerca de R$ 361 milhões que serão destinados à Fortaleza e outros municípios da região metropolitana da capital.

A grande discussão, no entanto, é que os prefeitos utilizem esses valores vultosos, em diversas áreas e, não com projetos voltados a educação, como define a ação e decisão judicial que deu ganho de causa aos municípios cearenses.

Todos os municípios do Ceará, protocolaram ações contra o Governo Federal reclamando essa diferença, a menor, dos repasses do FUNDEB, referentes aos anos de 2002 e 2006.  

"Essa foi uma vitória sem precedentes para o magistério cearense, espetacular", afirma o advogado da Associação dos Professores de Estabelecimentos Oficiais do Ceará (Apeoc), Vicente Aquino.

"O resgate dessa indenização da União, referente ao Fundef, foi uma ação espetacular do magistério cearense, um recurso que estava perdido e esquecido e que a Apeoc conseguiu vislumbrar isso e resgatar esse valor", completa Vicente

DISPUTA.

O Ministério Público Federal investiga a origem do recurso e a legalidade de investi-lo em outras áreas que não a Educação. Neste ínterim, os advogados da Associação dos Professores de Estabelecimentos Oficiais Ceará (APEOC), Vicente Aquino, Tibério Cavalcante e Aldairton Carvalho, acionaram a Justiça Federal e conseguiram o bloqueio de 60% - quantia referente aos professores - até que o destino da verba seja esclarecido.

ACORDO EM ICÓ PODE NÃO VINGAR SE ENTRAR OS 54 MILHÕES NOS COFRES DA PREFEITURA.

Nos bastidores da política icoense, está muito claro pelas posições assumidas pelos correligionários do PMDB e DEM, que existia pelo menos na informalmente, o desejo de se unirem às eleições de 2016.

Os candidatos do PMDB e DEM, Jaimizinho Alencar e Jaime Júnior, “Os Jaimes”, não fazem qualquer avaliação ou crítica entre si da administração e de ordem política e pessoal, mas tão somente, contra a candidatura do PMB, Deputada Laís Nunes, que tem a preferência atualmente do eleitorado icoense.

As redes sociais e às rádios icoenses, que são utilizadas pelos pmdebistas e democratas, tem um único alvo: a deputada Laís Nunes.

RÁDIO ITINERANTE.

O candidato do PMDB, Jaimizinho Alencar, fez uma composição com os Arrudas, de Lavras da Mangabeira, tradicional família ligada aos meios de comunicação, e instalou em Icó, um estúdio itinerante da Rádio Vale do Salgado, sendo inclusive, nomeado seu diretor-geral.

A eclética programação destina boa parte à política partidária, como um vídeo e áudio, em circulação nas redes sociais - Facebook, onde o diretor da rádio “dita” ao radialista Josemberg Vieira, âncora do programa de jornalismo local, o que deve ser pronunciado. O texto faz duras críticas ao ex-prefeito de Icó, Neto Nunes, onde de forma parcial, coloca que “o grupo que ele lidera, é contra projetos que desenvolvam o Icó”.

“Isso é um absurdo. Meus advogados copiaram o vídeo e estaremos dando entrada na justiça eleitoral. Esse ano não aceitarei mais molecagem contra nossa família. Já fomos tolerantes demais com discursos vazios, demagógicos, que tem apenas o interesse eleitoral. Sumiram do Icó por 40 anos, e, agora, aparecem como apaixonados a moda antiga. Toda semana é uma mentira diferente. Já falaram da estrada do Icó à Icozinho e da Universidade UFCA, criando fuxico com nosso nome. Nunca vi coisa tão ridícula”, reagiu Neto Nunes.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Copyright © FABRÍCIO MOREIRA DA COSTA | Powered by Blogger Design by RaffaelNojosa | Blogger Template RN Solucões em designer