O BLOG QUE FALA SÉRIO! fabriciomoreiraadv@gmail.com .

domingo, 27 de novembro de 2016

O HUMOR QUE VEM DO IGUATU.



João Lázaro é figura e cidadão querido de Iguatu. Já chefiou a Casa do Cidadão, foi secretário municipal. Trabalhou com vendas e, sempre, se destacou pela atenção que tem para com as pessoas.

Manteve no decorrer dos anos um sonho de ordem pessoal e por não dizer da vida pública: servir ao povo iguatuense como vereador da “Terra da Telha”.

Aliado e amigo fiel do ex-prefeito Agenor Neto, inclusive, sendo seu “compadre”, ganhou o apelido que foi sugerido pelo publicitário Bibi Lemos, de vereador “linha direta”, dado sua aproximação com o alcaide referido.

Enfim, após várias disputas e busca de mandatos, consegue se eleger a câmara municipal de Iguatu, em 2008, com expressiva votação. Feito que se repetiu em 2012, também, com sua reeleição.

Pois bem!

João Lázaro nos remete ao passado, onde disputou sem êxito várias vezes o legislativo mirim iguatuense.

Cansado de tanto perder, João Lázaro, resolveu inventar um bordão:

- “Faça como Jesus Cristo, ressuscite Lázaro”.

Mesmo diante de apelo forte, o personagem sempre restava como suplente. Não vencia os pleitos.

Certo dia, nos meados de 1982, estava acontecendo um comício do então candidato a prefeito de Iguatu, Elpídio Cavalcante, e muitos candidatos a vereador disputavam um lugar para ser o orador da noite.

Após muita peleja, João Lázaro, o nosso Linha Direta e Augusto Correia Lima, ambos candidatos, conseguiram ser escalados para falar ao público presente.
Daí, começa João Lázaro:

- “Faça como Jesus, ressuscite Lázaro. Agora, tenho também, o apoio de padre Cícero”, disse o nosso vibrante orador.

Eis que mesmo antes do término do discurso de Lázaro, o seu concorrente, Augusto Correia Lima, para surpresa de muitos, arrancou-lhe o microfone e disparou:
- “Pare aí cidadão. Você falar em Jesus tudo bem; porém, padre Cícero já tem dono, sou eu! Arrume outro santo”, disse.

Uma gargalhada geral tomou de conta do comício.

Finalmente, ambos saíram de novo direto para a suplência, à época.

(Do livro de Causos do advogado e contista Fabrício Moreira da Costa).
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Copyright © FABRÍCIO MOREIRA DA COSTA | Powered by Blogger Design by RaffaelNojosa | Blogger Template RN Solucões em designer